O Jogo Responsável

As apostas desportivas têm se popularizado em todo o mundo. Entretanto, elas só podem ser realizadas por maiores de 18 anos porque são extremamente viciantes. Esta é uma noção que escapa a muitos adolescentes e crianças.

Felizmente o governo de Portugal obriga as casas legalizadas a promoverem o jogo responsável. Independentemente de ser online ou em cassinos e salas de bingo (jogos regionais), as apostas de qualquer forma devem ser consideradas atividades de lazer e entretenimento. Por isso é necessário orientar o jogador na escolha do comportamento de jogo de forma consciente e racional, com controle total do tempo e do dinheiro.

Sem esta consciência, o apostador pode despender o tempo e dinheiro de maneira a prejudicar a responsabilidade social com sua família e vida profissional. Se perceber que está a precisar de ajuda para lidar com os problemas de vício em apostas, pode aceder aos seguintes sites:

Caso seja necessário, é possível solicitar sua autoexclusão e proibição. Essa é uma medida extrema em que o usuário poderá pedir que sua entrada nas salas de jogo de casinos e sites de jogo online licenciados pelo SRIJ seja impedida.

O governo português possui um serviço de aconselhamento psicológico anônimo, gratuito e confidencial que envolve vícios e comportamentos de dependência (ou seja, vício do jogo) e pode ser contatado tanto por email quanto por telefone. A Linha de Vida fornece suporte, informações para pessoas envolvidas em jogos de azar, familiares e outras pessoas ao redor.